30.8.12

o meu "eu"

Eu perdi-me, perdi-me num mundo onde eu não estava sozinha. Perdi-me num mundo a dois, onde eu só sabia sorrir, viver.. Ser feliz. Hoje em dia, eu não sei o que isso é, ser feliz... O meu verdadeiro "eu" ficou por lá, perdido e sozinho.
O motivo por qual eu sorria, foi-se, abandonou-me. Talvez não fosse tão feliz como eu era e é aí que tudo me leva aos porquês.
Será que foi tudo em vão? Será que todas as conversas foram falsas? Todos os beijos e abraços foram dados só porque sim? Será que as tardes, noites, manhãs foram passadas só por passar o tempo? Será que todas as vezes que ouvi um "amo-te" vindo daquela boca, não era de todo verdadeiro? Será?
Eu não sei!
Tenho quase a certeza que fui amada, mas ultimamente do que sinto mais falta, é de amar. Sinto falta daquele gostinho a paixão, daqueles olhares intensos, daqueles toques que nos consomem por dentro. Daquelas horas na cama em que ficamos a querer mais e mais.
Mas amar só vale a pena assim... Quando temos alguém que nos saiba retribuir da mesma forma. Que saiba que quando algo faltar, nós estaremos ali, prontos um para o outro.
Eu preciso, quero e anseio por alguém que me faça sentir tudo aquilo que já senti outrora por outra pessoa. Aliás, quero mais. Mais paixão, mais amor, quero tudo a triplicar.
É disso que eu preciso, para voltar a encontrar-me, e ter o meu "eu" de volta.

2 comentários:

  1. Não há nada pior, na minha opinião, do que nos perdermos :x

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. na tua opinião e na minha :/

      Eliminar

obrigadoooo !