24.8.10

'não consigo acabar a historia, não consigo'
'não acabes, também porque a história ainda não teve um fim'

tu sabes o quanto isto me fez chorar e como sempre foste tu a lá estar, mesmo não estando ao meu lado, querias estar. mas acredita, senti a tua força mesmo daqui, desta cadeira, deste ecrã. tens sido tudo, o meu ponto de abrigo, a minha maior confidente, tens sido mais que uma irmã, mais que uma melhor amiga. já te disse e volto a dizer, não há um palavra que descreva aquilo que para mim significas, talvez uma alma gémea, talvez isso, porque partilhamos as mesma guerras, as mesmas lutas, os mesmo sentimentos, as mesmas angustias. enfim, sei que te amo, imenso, meu amor.
 para Ana Piçarra.

2 comentários:

  1. ana raquel24.8.10

    juro, que te amo. terás-me sempre sempre aqui :' @

    ResponderEliminar

obrigadoooo !